Existem 12 tipos de solteiros, qual é o seu?

Em entrevista para o site Marie Claire, a especialista em Relacionamento Afetivo, Eliete Amélia de Medeiros, identificou 12 tipos de solteiros na atualidade, ao observar o comportamento social-afetivo.



1) Solteiro Convicto: não pensa de jeito nenhum em arrumar um par e gosta da sua vida de solteiro.
2) Solteiro Contrariado: Quer um par mas não consegue fisgar ninguém.
3) Solteiro em cima do muro: Quer um relacionamento mas não consegue desapegar da vida e hábitos de solteiro.
4) Solteiro Conveniente: Guarda a aliança no bolso nas horas que lhe interessam.
5) Solteiro Frustrado: Gostaria de estar namorando.
6) Solteiro Perdido: não sabe o que quer.
7) Solteiro Viajante: vai para onde a vida o levar.
8) Solteiro Sangue Suga: Não quer que o amigo namore para não perder a cia nas baladas.
9) Solteiro Melhor Amigo: Gostaria de ser o namorado mas acaba sendo o melhor amigo das paqueras.
10) Solteiro Mineirinho: aparece sempre solteiro nas baladas mas tem vários contatinhos na agenda.
11) Solteiro Falador: Perde tanto tempo falando que pegou geral, mas não pega ninguém.
12) Solteiro Virtual: Espera a esposa dormir para flertar nos apps de paquera na internet.

Tenho certeza de conseguiu lembrar de algum amigo, ou se identificou em algum desses tipos. A vida virtual, penso eu, que incluiu mais subdivisões de solteiros, pois com a vinda dos aplicativos ficou cada vez mais fácil interagir com pessoas desconhecidas e conhecê-las com mais facilidade.

Talvez, o tipo solteiro virtual ainda possa ser subdividido em mais opções. Não necessariamente, ele precise ter uma esposa que precise esperar que durma.

Uma reflexão que vira e mexe tem aparecido na minha cabeça é a de quando mal usada a tecnologia pode mais atrapalhar os relacionamentos do que ajudar. Creio não ser possível chegar ao ápice da conexão e do amor com o outro sem o contato físico e a conversa cara a cara.

Portanto, os relacionamentos à distância podem acontecer, mas não atingirão tudo que poderiam por conta do afastamento das partes.



Essa confusão e a grande quantidade de tipos de solteiros poderia ser, talvez, menor se as pessoas se empenhassem mais em conhecer os outros a sua volta com mais intensidade e empatia.

O ser humano é um ser social, ele não foi feito para viver sozinho. Solteiros, curtam o momento. Porém, conheçam muitas pessoas e vão fundo nos relacionamentos a fim de aproveitar tudo que eles podem trazer.

Sobre a autora Thaís Betat

Thaís Betat escreveu 66 post neste site.

Jornalista, estudante de pós graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, criadora e escritora do site: https://www.thaisbetat.com

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *