Pessoas fazem tatuagem na terceira idade, 50 são os novos 30 anos

Segundo dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a expectativa de vida da população masculina aumentou para 71,9 anos e para as mulheres, já chega aos 79,1 anos. Com o aumento da expectativa de vida, os 50 são os novos 30 anos.

Com isso, idosos se sentem cada vez mais incentivados a tatuar o próprio corpo mesmo na melhor idade. De acordo com o dono da Cícero Tattoo (Asa Norte) e tatuador profissional, Cícero Freitas, as pessoas da terceira idade, geralmente, decidem por tatuar artes que remetem a homenagens a parentes e pessoas queridas e marcos de início e/ou fim de acontecimentos marcantes de suas vidas.


“Sempre tem uma história por trás!”, conta ele. Essa característica se diferencia um pouco do que os jovens costumam fazer. Boa parte, busca desenhos a partir de uma estética satisfatória. Os mais entusiasmados com tatuagem são as pessoas de 30 a 40 anos.

O envelhecimento natural da pele não é impedimento para fazer uma tatuagem bem feita, afirma o profissional. As rugas e flacidez não necessariamente deixam os desenhos menos atraentes.

Idosa tatuada

Maria* resolveu aos 80 anos, tatuar um escorpião, em razão de amar o seu signo. Ela foi identificada pelo dono como uma mulher muito sábia e extremamente lúcida para a idade.



Redes Sociais

“Os clientes já sabem o que querem”, aponta Freitas após refletir sobre seus 30 anos nesse mercado. As pessoas tem muito mais referências com a internet e chegam ao estúdio de tatuagem com muitas ideias junto ao profissional, que em seguida, complementa com opiniões técnicas.

*Nome fictício, em razão de preservação da fonte.

Sobre a autora Thaís Betat

Thaís Betat escreveu 50 post neste site.

Jornalista, estudante de pós graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, criadora e escritora do site: http://www.thaisbetat.com

Comentários no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *